agosto 23, 2016 - No Comments!

As principais dicas que você precisa saber para pedalar no barro.

Quando se pedala sobre a natureza o risco de você pegar chuva durante o passeio é quase que indispensável. A sensação de aventura e a disposição em se molhar e sentir aquele barro na cara é inexplicável. Com certeza pedalar no barro é uma das experiências mais fenomenais que existe quando se tem uma Mountain Bike. Mas, será que não temos que tomar alguns cuidados quando vamos passar por esse tipo de experiência?

Quando não se tem os cuidados que vamos listar aqui os grandes desafios acontece e é normal acontecer pelo menos uma dessas coisas:

A gancheira quebrar.

A pastilha de freio acabar.

Não conseguir pedalar devido as cravas do pneu ser muito próximas.

Passar por uma hipertermia.

Barro nos olhos.

Tombos memoráveis.

Como é difícil encontrarmos assuntos referenciando a soluções específicas para você pedalar na lama dentro da internet, resolvemos abordar os assuntos e as soluções em três grandes temas que vão ajuda-lo na hora de pedalar naquele dia chuvoso e lamacento.

  1. Atenção redobrada

Nosso primeiro tema a ser abordado é a atenção redobrada. Assim como no ciclismo de pista, quando sair para pedalar na lama o terreno estará liso e tomar cuidados em como frear faz total diferença em não tomar um tombo.

Faça o seguinte: Não freie nem de mais pois o freio pode travar, e nem de menos, pois se não terá que ter um espaço maior para conseguir parar. Se você conhece o terreno já antecipe e adeque a velocidade que você irá necessitar.

Durante descidas mantenha o freio ativo e de preferência os dois, para evitar o gasto pode até dar pequenos toques leves no freio. Assim ele não irá frenar de forma brusca e não deixará você em uma velocidade tão rápida.

Na subida o cuidado deve ser também redobrado. Os pneus derrapam com maior facilidade e a tração fica mais dificultada. Entrar muito rápido pode leva-lo ao chão e entrar devagar, talvez não consiga termina-la em cima da bike. Quando descer dele o cuidado também deve ser constante já que mesmo em pé e calçado o barro pode leva-lo ao chão.

Para que você não venha a ter sustos constantes na hora do pedal sobre a lama é legal conhecer muito bem como está sua técnica, e infelizmente se desafiar sobre esse tipo de terreno, aprimorando cada vez mais seu equilíbrio e sua técnica. Então! Não se esqueça atenção redobrada nesse tipo de terreno.

  1. Equipamentos

No segundo tema a gente dividiu os principais equipamentos que sofrem e que sua atenção deve se redobrar.

  1. Freios

Conhecer o estado atual dos seus freios antes de coloca-los na lama e uma das formas de não ter que usar os pés na hora de para sua bicicleta. Segundo especialistas os freios a discos devem ter cuidados especiais, os modelos hidráulicos são os que tem maior precisão e dão menor dor de cabeça quando recebem lama e água junto. Os freios mecânicos já trazem uma menor funcionalidade quando estão sobre os terrenos de lama e água. Já os V-BRAKEs também consegue ter uma boa frenagem nesse tipo de terreno.

Uma coisa é certa esse tipo de terreno irá gastar mais facilmente as pastilhas e as borrachas do seu freio ter cuidados para ver o estado deles antes de arriscar um pedal é fundamental para seu bolso e para evitar futuros acidentes.

  1. Pneus

Você conhece o seu pneu? Sabe o tamanho dele e se suas cravas comportam os terrenos na lama? As principais dicas que precisamos saber sobre os pneus são quanto a suas cravas e sua calibragem.

É interessante na hora de pedalar na lama que você tenha um pneu que não tenha os cravos muito próximos. Isso faz com que a lama que poderia “grudar” no pneu se solte facilite assim o contato com o solo. Geralmente pneus com cravos próximos aumentam a possibilidade do barro grudar deixando-o mais liso levando ao risco de tombos.

Quanto a calibragem ela deve ser menor a que você utiliza normalmente. Isso facilita o atrito com o solo e diminui os riscos aos tombos.

  1. Roupas

As roupas são fundamentais na hora de manter a temperatura interna normal. Não perdendo para o fator externo e nem mantendo a ponto de suar que nem “doido”!

Para isso usar roupas que irão lhe manter aquecido e seco evitarão que você tenha problemas graves quanto a baixa sua temperatura excessivamente. Manter uma roupa de manga cumprida por baixo de um corta vento ajuda a manter a temperatura normalizada evitando a perda da mesma.

Não se esqueça! O que importa e manter-se seco e aquecido não adianta colocar várias blusas sendo que elas irão ficar molhadas e sujas. Coloque roupas que vão ter suas funcionalidades coerentes.

  1. Óculos

Proteja os olhos do barro e consiga enxergar aonde está indo. Manter os olhos protegidos é o principal cuidado que você deve ter. Sabemos que os nossos olhos têm a função de nos orientar, protege-los da lama é fácil basta utilizar óculos com lentes transparente ou amarelada.

Com os equipamentos ajustados para enfrentar o barro é hora de partir para a “guerra”. Há! Mas, antes de sair por ai não se esquece temos o último cuidado que você deve ter na hora de subir nas duas rodas.

  1. Alimentação

A alimentação é o último tema que decidimos abordar! Sair bem alimentado e hidratado evita que você passe por uma hipotermia ou hipoglicemia.

A primeira está relacionada a perda de temperatura e pode ser provocada por falta de roupa para manter-se aquecido como também como falta de energia para manter a temperatura interna adequada, perdendo calor para o meio externo.

Já na hipoglicemia nós observamos uma drástica queda na glicemia que a fonte energética principal para nossos músculos trabalharem. Realizar uma alimentação balanceada com alimentos corretos nos momentos certos preserva nossas reservas energéticas e evita a queda drástica da glicemia.

Seja na hipotermia ou na hipoglicemia os alimentos tem funções certas na energia do nosso corpo. Mantendo ele estável.

Concluindo!

Vamos sintetizar as principais soluções que você precisa saber para minimizar os riscos e problemas quando pedalar no barro e na chuva.

Primeiro redobre a atenção que você deve ter na hora de pedalar. Terrenos assim ficam instáveis e podem ocasionar em tombos e acidentes.

Segundo prepare e cuide do seu equipamento. Isso é fundamental na hora de sair para pedalar na lama. Estar com os equipamentos em dia evita tombos e protege seu bolso.

Terceiro evite ficar sem ou com pouca comida no estomago. É claro que não deve exagerar, mas se alimentar antes de um pedal com barro pode ser o que irá lhe salvar de ter problemas maiores relacionados a falta de energia.

Lembrando que se você quiser mais conteúdo como esse, e quer descobrir como fazer da sua Mountain Bike a sua academia não pode deixar de acessar nosso mais novo ebook.

Clique aqui no link e descubra um pouco mais sobre ele.

http://bit.ly/29KIslo

CICLISTA VIP

Published by: Heron Soares Santos in SEM CATEGORIA

Leave a Reply