agosto 30, 2016 - No Comments!

Confira as três dicas que podem refrescar os dias de muito calor para pedalar.

Pedalar debaixo do calor pode ser um grande problema quando não se tem muito conhecimento sobre o assunto. Lesões devido as altas temperaturas pode prejudicar seu corpo e sérias consequências podem ser ocasionadas devido ao despreparo do ciclista que pelada no calor.

Ter desmaio, hipertermia, desidratação, fadiga muscular, cãibra muscular, tontura, náuseas, frequência cardíaca aumentada, alteração da coloração da urina. Esses são alguns dos problemas que você pode vir a ter quando sai para pedalar no calor e não se prepara adequadamente.

O pedal pode ser muito bem aproveitado quando se tem um pequeno check list para pedalar durante o calor. Basta redobrar a atenção e assim como no frio preparar alguns equipamentos e alimentos para levar e não se arriscar durante os pedais no sol.

O checklist para seguir antes de enfrentar o dia ensolarado.

Hidratação – É importante estar bem hidratado seja ingerindo água ou isotônicos antes, durante e depois do pedal. Uma das maneiras de manter a temperatura interna do corpo adequada é fazer uma regulação através de líquidos, isso ocasiona uma manutenção interna dos eletrólitos, já que com essas condições nosso corpo tem uma depleção dos mesmos exacerbada.

A nível de curiosidade e para apimentar ainda mais os assuntos do que ingerir nessas condições. O pesquisador Cathcart, 2011 realizou estudos para identificar quais seriam os benefícios de se utilizar uma suplementação a base de carboidratos conjuntos a proteínas, já que diversos estudos vinham mostrando a eficácia dessa combinação durante essas condições e que poderiam prolongar o tempo de exaustão dos indivíduos. Para o estudo ele utilizou de 28 atletas de Mountain Bike (sendo 4 mulheres e 24 homens), todos os atletas participaram das competições da TransAlp Challenge mountain bike race em 2007 com múltiplas competições durante o ano. Os objetivos do estudo foram observar as alterações termo regulatórias, lesões musculares e desempenho durante as provas.

Os resultados que foram apresentados mostram uma importante manutenção na massa corpórea e 12% mais rápido para o grupo que ingeriu carboidrato aliado a proteína, quando comparado aos que fizeram a ingesta de apenas carboidrato.

Isso mostra que essa combinação pode ser efetiva em condições climáticas de muito calor, principalmente quando se observa a redução da temperatura do ouvido e prevenção da massa corpórea e promoção do desempenho.

Parar de pedalar imediatamente – Realizar uma pausa na hora que estiver pedalando é fundamental para que você não tenha lesões mais graves lá na frente. Esse é o momento em que você deve tentar abaixar a temperatura do corpo, procurando além de se hidratar, retirar tudo o que possa estar mantendo essa temperatura interna alterada. Como por exemplo retirar roupas excessivas (camisa, meias, calça, manguitos, pernitos ...) e se possível mantê-las resfriadas. Procurar recuperar os eletrólitos da melhor forma possível seja combinando carboidrato com alimentos que contenham sódio/potássio.

Organize-se – Procure se preparar para o pedal. Se puder observe como será a temperatura e se for o caso separe os alimentos e suplementos adequados para uma possível desidratação. Procure passa um bom protetor solar e busque manter a temperatura do corpo não tão alta. Caso seja necessário faça com que os seus colegas também se organizem da melhor forma possível para enfrentar altas temperaturas.

Então, veja como será o clima um dia antes de pedalar, separe água, isotônicos, garrafas térmicas, roupas que ventilem e de preferência leve muita água.

Essas são as três dicas que podem refrescar as altas temperaturas. Você deve ter percebido que não tem muito segredo e que se preparar para enfrentar condições mais extremas não terá dores de cabeça e nem problemas com hipertermia. Se você é um novato no mundo dos pedais procure informações que possam tirar suas dúvidas e se preferir nos pergunte! Teremos o maior prazer em ajudá-lo nas dúvidas.

Lembrando que se você quiser mais conteúdo como esse, e quer descobrir como fazer da sua Mountain Bike a sua academia não pode deixar de acessar nosso mais novo ebook.

Clique aqui no link e descubra um pouco mais sobre ele.

Mountain Bike do iniciante ao avançado - PB Personal Bike

 

Published by: Heron Soares Santos in TREINAMENTO
Tags:

Leave a Reply